LECC na JICTAC 2014 – Parte 2

Mais um bolsista do LECC nos representou na JICTAC em 2014.

Na última segunda-feira, 06 de outubro, Alexandre Enrique Leitão se apresentou na XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural, com um estudo sobre a Comunicação Comunitária nos primeiros anos do século XXI. Saiba mais sobre seu trabalho abaixo:

UMA ANÁLISE SOBRE A COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA NOS PRIMEIROS ANOS DO SÉCULO XXI
Por Alexandre Enrique Leitão

O estudo do bolsista encontra-se associado à pesquisa coordenada pela professora Raquel Paiva, intitulada “A Comunicação Comunitária em Foco – 40 anos em Análise”. Esta se propõe a realizar um levantamento dos trabalhos produzidos sobre o tema, apresentados no país nas últimas décadas, a fim de configurar um acervo bibliométrico, além de realizar um colóquio sobre Comunicação Comunitária, em futuro não muito distante. O trabalho demonstra sua relevância ao se atestar o crescente papel desempenhado pela comunicação e ação sócio-política comunitárias, concomitantes ao processo de globalização e ao ocaso de macromodelos narrativos, centrados em instâncias como o Estado e a Nação.

A pesquisa desempenhada pelo bolsista centrou-se assim no levantamento de dados, como forma de dar apoio ao esforço de constituição de um banco de trabalhos capaz de abarcar a produção relativa à comunicação comunitária divulgada no país. Esteve sob sua responsabilidade a análise dos anais dos Congressos Nacionais da INTERCOM (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação). Entre seus objetivos encontravam-se: a) Demonstrar que houve um aumento, entre 2001 e 2013, na quantidade de trabalhos apresentados cuja temática e/ou recorte teórico teriam sido guiados pelo viés da Comunicação Comunitária, pela Cidadania (entendida como engajamento político e inserção social de populações marginalizadas), e pelo caráter Regional (abarcando iniciativas de cunho local, distantes dos maiores centros econômicos do país), Alternativo (capazes de pensar o processo comunicacional ou a mensagem veiculada a partir da valorização de novas plataformas ou abordagens) ou Contra-Hegemônico (constituindo iniciativas e recortes da realidade que difiram das narrativas dominantes, reproduzidas, por exemplo, pelos meios de comunicação de massa); b) Apontar a persistência de estudos sobre o impacto e importância de estações de rádio comunitárias como elemento que permeia a pesquisa referente à Comunicação Comunitária.

Para tanto, a presente pesquisa consistiu no agrupamento dos títulos de trabalhos apresentados nos Congressos Nacionais da INTERCOM, que se inserissem em quaisquer dos grupos supracitados, em planilhas, ordenando-os a partir de Título, Autor(es), Instituição, Ano de apresentação, além de uma seção destinada a observações – voltadas para o esclarecimento do teor dos trabalhos. O recorte temporal do bolsista concentrou-se nos anos de 2002 a 2003 e 2012 a 2013, como forma de contrastar dois pólos de uma década historicamente significativa, que viu a emergência de novas possibilidades comunicacionais e o fortalecimento de identidades de fundo comunitário. O recorte teórico do bolsista irá se centrar na denominada sociologia das ausências e das emergências, desenvolvida por Boaventura de Sousa Santos. Também serão utilizadas conclusões de Stuart Hall, Jesús Martín-Barbero e João Malerba.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: