Exposição em Paris mostra imagens de crianças da Rocinha

Fonte: Jornal Voz da Comunidade

Exposição em Paris mostra imagens de crianças da Rocinha

Um pouco do Rio de Janeiro em Paris: foi inaugurada no último dia 13, na galeria de arte Espace La Vallée Village, Como o Rei Não é Humilde, que os Humildes Sejam Reis. A mostra exibe retratos de crianças da Rocinha, clicadas pela francesa Iris Della Roca. “Quis que elas se divertissem, que fossem realmente crianças e acreditassem que são bonitas e grandes estrelas. Procurei com que elas abandonassem suas inibições. Foi uma libertação de seus problemas cotidianos”, conta a artista. Além das fotos, a mostra reúne colagens e desenhos feitos pelas crianças, além de sons da comunidade, gravados pela artista.

Iris vive durante parte do ano na Rocinha, onde é voluntária do projeto Troque sua Arma por um Pincel (Tio Lino). Ali, a partir das colagens e desenhos das crianças, criou uma revista, que traz ainda artigos escritos por colaboradores envolvidos com moda e fotografia. A publicação será vendida no La Vallée Village, um dos nove outlets do Chic Outlet Shopping localizado a 35 minutos de Paris, e terá renda revertida para o projeto do qual Iris é voluntária no Rio.

A s fotos desta página estão na exposição “Como o rei não é humilde, que os humildes sejam reis”, de Iris Della Roca. Criança soltando pipa numa laje tem tudo para ser uma imagem-clichê da infância na favela — é aí que entra o estilo da fotógrafa francesa para mudar tudo.

Brincadeira de moda: meninos da Rocinha viram modelos em fotos. As imagens são da exposição ‘Como o rei não é humilde, que os humildes sejam reis’, da fotógrafa francesa Iris Della Roca

● Meninos até empinam pipa no puxadinho, mas as fotos têm um jeito de editorial de moda, com as crianças “brincando” de serem modelos, fazendo pose, agindo como eles.

● “Com a brincadeira, eu quis que elas se divertissem, quis que virassem crianças, que acreditassem que são estrelas lindas e fortes”, diz Iris. “MInha ideia era que elas se livrassem de suas inibições e ficassem totalmente livres dos problemas que enfrentam no dia-a-dia.”

● A fotógrafa de 25 anos é apaixonada pelo Brasil e por isso passa seis meses por ano na Rocinha.

Fonte: Vogue | Fotos: Iris Della Roca/Divulgação e Rocinha.org

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: