Campanha por saneamento em Marabá utiliza diferentes estratégias de comunicação

Defesa dos direitos e visibilidade midiática foram temas abordados na terceira coletiva do semestre, realizada no Laboratório de Comunicação Crítica, pela doutoranda Priscila Vieira. Ela apresentou estudo de caso sobre a ausência de políticas públicas de saneamento no município de Marabá, no Pará, e como ações de comunicação mobilizaram jovens da Rede Fale, numa perspectiva de relações sociais para além do aspecto religioso. O Laboratório de Comunicação Crítica é ministrado pela doutoranda Zilda Martins, como mais uma ação do LECC, e traz um convidado por mês que simula entrevista coletiva para os alunos.

Conheça as matérias produzidas

Pesquisadora de Comunicação e Cultura dá entrevista a alunos de Laboratório

Doutoranda fala sobre Defesa de Direitos para alunos de Comunicação na UFRJ

Saneamento ambiental em Marabá foi tema de entrevista

Mídia é usada como ferramenta de mudança social

Jornalista aborda defesa de direitos e visibilidade em simulação de coletiva

Doutoranda aborda defesa de direitos ao falar sobre saneamento básico e monopólio das mídias

Comunidades “querem fazer repercutir suas vozes”

Interesses midiáticos invisibilizam a região Norte brasileira

 

Comunicação e globalização, mídia e Defesa de Direitos: questões sobre visibilidade e relações local/global

 A noção de defesa de direitos emerge na atualidade em contexto sociocultural de globalização e intensa midiatização das sociedades. É a partir de caracterizações da cultura contemporânea que procuramos pensar a relação, que se torna necessária, entre mídia e defesa de direitos.

Como percebemos, através de estudo de caso – da campanha “Fale por Saneamento Ambiental em Marabá (PA)” -, a prática da defesa de direitos no Brasil esbarra na questão da hegemonia dos meios de comunicação. Assim, observamos que a concentração da propriedade de mídia condena à invisibilidade demandas sociais e violações de direitos, sofridas por grupos habitualmente ignorados, tanto pelos grandes veículos de comunicação quanto na efetivação de políticas públicas sociais.

Trazemos para esta reflexão contribuições do campo de estudos da comunicação comunitária, apostando na proximidade entre questões culturais e políticas, presente no pensamento desta área. Nesta conjuntura, defendemos a existência de tensões local/nacional/global que se refletem na esfera das relações entre defesa de direitos e comunicação e buscamos, no caso estudado, estratégias de enfrentamento utilizadas pelos realizadores da campanha.

 Conheça o artigo de Priscila Vieira e Souza e Clarissa Pires Naback: Jornais cariocas, favela, funk e tecnobrega- olhares críticos sobre as relações entre grande mídia e cultura no Brasil

Sobre Priscila Vieira e Souza

Doutoranda em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, mesma instituição em que cursou o mestrado (2008-2010); é jornalista formada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa -UEPG, no Paraná. Trabalhou quatro anos em redação de jornais no interior daquele Estado e um ano em assessoria de imprensa. Contribui voluntariamente, desde 2006, com a coordenadoria de comunicação da Rede Fale de defesa de direitos. Atualmente é pesquisadora associada do Instituto de Estudos da Religião – ISER, onde desenvolve o projeto “Comunicação e Defesa de Direitos: um olhar crítico para a mídia e para os direitos humanos”. Seus estudos são focados nas relações entre comunicação e religião na contemporaneidade, considerando as transformações sócio-culturais ocorridas a partir de meados do século XX. Aborda também, dentro deste contexto, temas como tecnicidade e política.

Anúncios
Etiquetado ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: