Cinecufa 2010 recebe inscrições até 15 de abril

http://www.cinecufa.com.br

O festival CineCufa nasceu da proposta de democratização da Sétima Arte, por isso, só serão exibidas produções criadas por moradores e legítimos representantes das favelas.

Para os cineastas e cinéfilos que acabam de nos conhecer, e mesmo para os que já participaram de uma e/ou outra de nossas edições, vale lembrar que neste início de século XXI, por conta de avanços tecnológicos, houve um barateamento dos equipamentos audiovisuais. Deste modo, hoje qualquer pessoa pode fazer um filme usando tecnologia digital (amadora ou profissional).

Isto faz com que o número de produções audiovisuais aumente, bem como os cursos de capacitação profissional. Assim, a Central Única das Favelas, que já desenvolve seu Núcleo Audiovisual há pelo menos uma década, pretende valorizar cada vez mais as produções dos cineastas de favela, bem como fomentar a construção de uma identidade que passe a atuar mais fortemente no mercado cinematográfico, ou seja, criando um viés para que essas obras sejam exibidas e possam ser ativas neste movimento. O que incentiva os realizadores dessa crescente vertente audiovisual a se reconhecerem como representantes de um novo movimento estético, social e político.

Enfim, este é o mote do CineCufa: a realização de um festival de cinema no qual as obras exibidas não abordem necessariamente o tema “favela”, mas sim, que tenham por trás das lentes o ponto de vista da periferia e de seus legítimos representantes, oriundos de toda e qualquer parte do mundo. E como prova do crescimento do nosso festival, na 2ª edição, tivemos como novidade o prêmio “Governo do Rio – Na Tela da Favela”, que se dividiu em dois quesitos: “Voto Popular” e “Júri Especializado”. Destes, Guilherme Varella (jovem diretor do curta “Raízes”) e o trio composto por Paulo Silva, Júlio Pecly e Cavi Borges (com o filme “7 Minutos”) foram os ganhadores, respectivamente.

“O CineCufa é composto pelas produções de quem está dentro da comunidade, de lá pra fora. Por meio de cursos como os que a CUFA oferece, as pessoas da comunidade passam a ter um olhar cinematográfico, mais crítico” – comenta Paulo Silva, ex-aluno do Núcleo de Audiovisual da CUFA. “E isso não quer dizer que na favela só tem história triste, e só existe felicidade na Zona Sul”, acrescenta Júlio, também ex-aluno.

É por isso que, desde já, estamos convidando você a participar desta empreitada. Inscreva agora a sua produção, pois a pré-seleção dos filmes que serão exibidos nesta edição de 2010 já começou!

Inscrições até 15 de Abrilclique aqui

Rua Carvalho de Souza, 137 – Madureira
CEP.21350-180
Rio de Janeiro – RJ Tel. 3015-7113 / 3015-5927

elaine.madureira.rio@cufa.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: