Comunicação Comunitária 2008.2

Professora: Raquel Paiva

Estágio-docência: João Paulo Malerba e Marcello Gabbay (Mestrado)

Horário: Sextas-feiras, das 11h10 às 12h50, sala 111.

Carga Horária: 45 h/a.

Total de Aulas: 15.

EMENTA:
A disciplina abordará a Comunicação Comunitária sob um enfoque atual, trazendo para a discussão aspectos da Teoria Crítica sobre os produtos midiáticos, no contexto do mundo globalizado. A partir daí, pretende-se discutir o cenário atual da mídia no Brasil e as novas possibilidades de uma ação comunicativa comunitária que passe pela cultura popular e por formatos alternativos de contra-hegemonia, tais como o cinema, o teatro, as rádios livres e a música popular. A associação entre Comunicação Comunitária e Leitura Crítica da mídia é o cenário para se pensar as novas formas de ação e reflexão. As aulas serão baseadas em bibliografia específica, com amparo de relatos sobre experiências concretas através de palestras e material audiovisual.

PLANO DE AULA:

Aula 1: Teoria Crítica como Gênese.
Aula 2: A Teoria Crítica na Contemporaneidade.
Aula 3: Comunicação e Globalização.
Aula 4: A Mídia Hoje.
Aula 5: Comunicação Comunitária, O que Justifica?
Aula 6: Cultura Popular.
Aula 7: Alternativas.
Aula 8: Contra-Hegemonia.
Aula 9: Comunicação Comunitária Hoje.
Aula 10: Palestra.
Aula 11: Leitura Crítica Hoje.
Aula 12: Novas formas de ação comunicativa comunitária – Parte 1
Aula 13: Novas formas de ação comunicativa comunitária – Parte 2
Aula 14: III Encontro de Comunicação Comunitária.
Aula 15: Debate
Avaliação final.

BIBLIOGRAFIA:

COUTINHO, Carlos Nelson. As categorias de Gramsci e a realidade brasileira. In: Gramsci: um estudo sobre seu pensamento político. Ed. Campus, Rio de janeiro, 1992.

BOURDIEU, Pierre. História reificada e incorporada. In: O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

HALL, Stuart. Codificação Decodificação. In: Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREITAG, B. A dupla face da cultura e a discussão da indústria cultural. In: A teoria crítica: ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 1994.

DELEUZE, Gilles. Carta à Serge Daney. In: Conversações. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

DOWNING, John D. H. Mídia radical: rebeldia nas comunicações e movimentos sociais. São Paulo: Ed. Senac, 2001.

DURHAM, E. R. A dinâmica cultural na sociedade moderna. Congresso da SBPC de 1977.

GUATTARI, F. As rádios livres em direção a uma era pós-mídia. In: MACHADO, A. Rádios livres: a reforma agrária no ar. São Paulo: Brasiliense, 1987.

HALL, Stuart. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

KELLNER. Os estudos culturais britânicos e seu legado. In: A cultura da mídia. Bauru, São Paulo: Edusc, 2001.

MARTÍN-BARBERO, J. Globalização comunicacional e transformação cultural. In: MORAES (Org.) Por uma outra comunicação. Rio de Janeiro: Record, 2003.

MARTÍN-BARBERO, J. O povo na outra história. In: Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: UFRJ, 1997.

MORAES, D. O capital da mídia na lógica da globalização. In: ___. Por uma outra comunicação. Rio de Janeiro: Record, 2003.

PAIVA, Raquel. A Estratégia Comunicacional Contra a Memória Hegemônica e o Senso Comum Midiático. Rio de Janeiro: ECO/UFRJ, 2004.

PAIVA, Raquel. Mídia e política de minorias, in: PAIVA, Raquel e BARBALHO, Alexandre (orgs.). Comunicação e cultura das minorias. São Paulo: Paulus, 2005.

PAIVA. Raquel. Estratégias de Comunicação e Comunidade Gerativa. In: Cicilia M Krohling Peruzzo. (Org.). Vozes cidadãs. 1 ed. São Paulo: Angellara, 2004, v. , p. 57-74.

PAIVA, Raquel. O espírito comum: comunidade, mídia e globalismo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003a.

PAIVA, Raquel; SODRÉ, Muniz. O seqüestro da fala comunitária. Rio de Janeiro: ECO-PÓS, 2003.

PAIVA, Raquel. Os media alternativos como parte dos novos processos de mobilização popular no Brasil, in: REBELO, José org. Novas formas de mobilização popular. Porto: Campo das Letras, 2003b.

SODRÉ, M. O ethos midiatizado. In: Antropológica do Espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Petrópolis: Vozes, 2002.

SODRE, M. O globalismo como neo-barbárie. In: MORAES (Org.) Por uma outra comunicação. Rio de Janeiro: Record, 2003.

Anúncios

Um pensamento sobre “Comunicação Comunitária 2008.2

  1. carolina disse:

    estou tentando fazer ur resumo do texto “O ETHOS MIDIATIZADO“ DE MUNIZ SODRÉ, e não estou conseuindo, pois é um texto muito complexo.
    Se pudessem me ajudar eu agradeceria.
    obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: