Raquel Paiva e João Paulo Malerba ministram novo curso para mestrado e doutorado

A Prof.ª Dr.ª Raquel Paiva e o Prof. Dr. João Paulo Malerba irão ministrar o curso Da Comunidade ao Comum: por uma epistemologia da Comunicação Comunitária no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Escola de Comunicação da UFRJ. As aulas terão início no próximo dia 15 de agosto e serão realizadas às quartas-feiras, de 12h30 às 14h30 no auditório da CPM.

O curso está concentrado na discussão em torno da ideia da Comunicação Comunitária: conceito e experiência. A perspectiva arqueológica e revisionista fundamenta-se inicialmente na celebração dos 20 anos da publicação d’O Espírito Comum e da criação do Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária (LECC). O curso pretende realizar uma revisão crítica e histórica da Comunicação Comunitária em busca de uma epistemologia, considerando as atuais mutações tecnopolíticas que desafiam seus limites teóricos e metodológicos. A estruturação desse campo de pesquisa tem se dado pari passu ao desenvolvimento de seu próprio objeto. Há quem localize o surgimento das mídias comunitárias em meados do século XX, na América Latina, quando era mais comum nomeá-las populares e alternativas. Nascidas da organização política de movimentos sociais e minorias diversas, originalmente elas se caracterizavam pelo uso mais politizado de meios de comunicação analógicos (impresso, rádios e TVs de baixa potência). Já no alvorecer do século XXI, após a redemocratização dos países latino-americanos e a complexificação de sua sociedade civil, vimos as mídias comunitárias se diversificarem buscando adequação às pautas e comunidades diversas, ligadas ou não a movimentos sociais e de base. Atualmente, suas ações pulverizam-se em uma multiplicidade de práticas e modos de ser que refletem os desafios tecnopolíticos da midiatização, da convergência midiática e das novas tecnologias de informação e comunicação.

Bibliografia básica:

HARDT, M. e NEGRI, A. Multidão. Rio de Janeiro: Record, 2012.

LAVAL, C. e DARDOT, P.. Comum – Ensaio Sobre a Revolução no Século XXI. São Paulo: Boitempo, 2017.

PAIVA, R. (org.). O retorno da comunidade: os novos caminhos do social. Rio de Janeiro: Mauad X,

2007

____. O espírito comum: comunidade, mídia e globalismo. Petrópolis: Vozes, 1998.

SODRÉ, M. A ciência do comum: notas para o método comunicacional. Petrópolis: Vozes, 2014.

YAMAMOTO, Eduardo Yuji. A questão da comunidade na era da midiatização. Orientador: Muniz Sodré. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação, Rio de Janeiro, 2014.

Diretrizes Básicas: o curso tem 15 aulas e é permitida a presença de ouvintes.

Linha: Mídia e Mediações Socioculturais

Profs.: Raquel Paiva e João Paulo Malerba

Horário: quartas de 12h30 as 14h30

Carga Horária: 60 horas/aula

Créditos: 4.0

Curso: Mestrado e Doutorado – Eletiva

Local: auditório da CPM

Início: 15 de agosto de 2018

Etiquetado , ,

Conversatório Criola recebe Profª Dr.ª Faye Harrison

No dia 03/08, 6ª feira, acontecerá mais uma edição do Conversatório Criola: por e para mulheres negras. Construído em parceria com o Grupo de Estudos sobre Relações Raciais no Brasil – LECC /ECO/UFRJ, neste encontro nosso diálogo será com a Profª Dr.ª Faye Harrison – da Universidade de Illinois em Urbana-Champaign – em torno dos desafios contemporâneos para a articulação de ativistas negras, a produção de conhecimentos e a disputa de narrativas, considerando os diferentes espaços e formatos organizativos de incidência política.

Tomando como referência a proximidade do dia 25 de julho e a realização da Marcha de Mulheres Negras, em um contexto radicalmente desfavorável à garantia dos direitos das mulheres negras, que experiências e estratégias têm sido construídas, na coletividade, junto às outras mulheres negras, que se constituam como atos de resistência?

Vem conversar com a gente!!!

Dia: 03/08 – 6ª feira | Horário: de 18h as 21h.
Inscrições no local
Criola – Avenida Presidente Vargas, 482, sobreloja 203, Centro – RJ.

%d blogueiros gostam disto: